Maquina cartão

MÁQUINA DE BRASILIDADES
Instalação Performática Interativa

INSTALAÇÃO
A Máquina de Brasilidades é inspirada nas máquinas caça níquel.
Esta máquina/cenário é uma instalação e funciona somente quando ativada por alguém do público.
Composta por 7 palhaços, sendo 3 deles, músicos.
Funcionamento: Alguém do público deve puxar a alavanca/braço para que as “frutinhas”, representadas aqui pelas cabeças de 3 palhaços, comecem a girar.Cada palhaço pára numa expressão específica e então um cartão sai de dentro da máquina indicando o que será apresentado.

PERFORMÁTICA
Conteúdo: São em média 20 temas da cultura brasileira como: frevo, boi bumbá, pisadeira, guaranà, peteca, catira, bloquinhos de carnaval, bossa nova, Raul Seixas, capoeira, literatura de cordel, quadrilha, ciranda entre outros que são sorteados pela máquina.
Após uma brevíssima definição do tema sorteado, os palhaços saem de dentro da máquina e apresentam uma esquete com duração de 1 a 3 minutos, todas as cenas são acompanhadas pelos músicos com 90% de trilha original.

INTERATIVA
Muitos dos temas como quadrilha, forró, ciranda, por exemplo, são apresentados com a participação do público. Finalizada cada apresentação, os palhaços voltam`a posição inicial até que a máquina seja novamente ativada para um novo tema.

HISTÓRICO
O projeto Máquina de Brasilidades foi contemplado pelo edital “Cultura 2014” e estreiou no Museu da Língua Portuguesa no dia 14 de junho de 2014, realizando 3 apresentações.Para completar a temporada, foram mais 3 apresentacões no MIS – Museu da Imagem e do Som e outras 3 no Museu da Casa Brasileira em São Paulo, durante os meses de junho e julho de 2014.

FICHA TÉCNICA
DIREÇÃO:
Gabriela Winter

ELENCO:
Palhaça Maria Eugênia – Luciana Arcuri
Palhaço Paspatur – Guilherme Ippolito
Palhaço Bartolomeu – Cristiano Carvalho
Palhaça Jurubeba – Gabriela Winter

MÚSICOS:
Palhaça Trankera – Renata Maciel – no acordeón
Palhaço Batatinha – Weslei Soares – nas cordas
Palhaço Galo da Madrugada – Cristiano Bacelar – na percussão

CENOGRAFIA:
Dilson Tavares e Soraya Kolle

FIGURINOS:
Emilia Reily

DESIGN GRÁFICO:
Ana Maria Alzueta Sigaud

PRODUÇÃO:
Clownbaret e Camila Dias

ESTAGIARIA:
Juliana Sevilha

Galeria de fotos: http://www.clownbaret.com.br/?page_id=15